Fibra

Início > Opinião > Os desafios da segurança em 2011

Os desafios da segurança em 2011

segunda, 31 janeiro 2011 12:12   Jocelyn Otero Ovalle

Jocelyn Otero OvalleOs protestos DDoS, as aplicações não autorizadas, os plugins de redes sociais e o malware em telemóveis são as principais ameaças para o ano que agora começa.


O constante desenvolvimento tecnológico é, nos tempos que correm, acompanhado pelo aumento sistemático da utilização de equipamentos móveis, de ligações à Internet e de novidades que colocam em perigo a privacidade dos utilizadores.

Deste modo, os utilizadores devem esperar um conjunto mais complexo e mais sofisticado de malware. Com especial ênfase para a distribuição de denial-of-service (DDoS) como meio de protesto social – uma tendência que emergiu ainda em 2010, dentro do advento do worm Stuxnet e ataques massivos de DDoS contra instituições que retiraram o seu apoio à Wikileaks. Durante 2011, esperamos um aumento da actividade quer em botnets convencionais, assim como em computadores que voluntariamente se envolvem em ad-hoc botnets – que se focarão em lançar ataques DDoS como protesto social contra as instituições que regulam o uso da internet.

Alertamos ainda, para o aparecimento de malware associado a certificados digitais fidedignos roubados ou certificados contrafeitos, e prevê ainda o aumento de software de aplicações não autorizadas, uma crescente e séria ameaça da segurança para os utilizadores de computadores na forma de malware que engana ou induz em erro os utilizadores para que paguem por uma falsa ou simulada forma de remoção de malware.

O aumento de acesso a sites de redes sociais e a introdução de HTML5 desempenharam também um papel chave, acompanhando a utilização por parte dos autores de malware destes populares canais online para disseminar as suas criações.

O aumento da aceitação de smartphones e outros equipamentos móveis que usem sistemas operativos levarão a um aumento no malware móvel. A disponibilidade de kits de software para estes equipamentos faz com que seja mais fácil aos criadores de malware de alcançarem o controlo destes equipamentos móveis.

De um modo geral, recomenda-se uma maior atenção aquando da utilização dos diferentes equipamentos, assim como dos novos softwares que aparecem no mercado. Uma correcta e cuidada utilização das virtudes da Internet, assim como a utilização de uma forte aplicação de segurança, são os principais conselhos que podemos oferecer aos nossos utilizadores para que tenham um ano de 2011 seguro, livre de ataques de ciberdelinquentes e sem invasões de malware nos seus equipamentos.

Jocelyn Otero Ovalle
Directora de Marketing
BitDefender España

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2015 fibra     Ficha Técnica      Estatuo Editorial