Fibra

Início > Empresas > Portugal: há falta de profissionais no sector das TI

Portugal: há falta de profissionais no sector das TI

terça, 25 junho 2013 12:47

internetCerca de 78 por cento dos empregadores do sector das Tecnologias de Informação (TI) em PortugaI afirmam que há uma escassez de profissionais nesta área, revela um estudo promovido pela Hays .

 

Analistas-programadores, programadores, gestores de projeto, arquitetos de soluções, administradores de bases de dados e administradores de sistemas são os perfis mais difíceis de encontrar atualmente.

Os principais motivos desta escassez prendem-se com a falta de experiência, a fuga de talentos para o estrangeiro e uma desadequação dos cursos superiores relativamente às necessidades das empresas.

O estudo conclui que ascende a 86 por cento a percentagem de empresas de Tecnologias de Informação (TI) que pretendem recrutar até ao final do ano. Os perfis mais procurados serão os programadores (42 por cento), analistas-programadores (34 por cento) e consultores funcionais (16 por cento).

O inquérito revela também potenciais desequilíbrios entre a procura e oferta de determinadas competências e conhecimentos. Sobretudo nos casos de tecnologias como iOS, ABAP, Java e Android e em soft skills como proatividade, capacidade de trabalho, autonomia e orientação para o cliente. São analisados também os fatores que mais contribuem para a atração e retenção de profissionais de TI nas empresas, segundo as opiniões dos profissionais da área.

O relatório apoia-se em inquéritos efetuados pela Hays junto de cerca de 70 empresas e 700 profissionais das Tecnologias da Informação.

A Hays trabalha na área do recrutamento especializado de profissionais qualificados e está em Portugal desde 2000.

Fonte: Hays

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2015 fibra     Ficha Técnica      Estatuo Editorial