Fibra

Início > Conteúdos > Colaboradores da geração millennial confiam mais na cloud

Colaboradores da geração millennial confiam mais na cloud

quinta, 14 julho 2016 00:00

Uma conclusão da Blue Coat Systems, que tornou públicos os resultados de um estudo realizado pela YouGov a 3.130 colaboradores de empresas na Alemanha, França e Grã-Bretanha. Segundo a análise, 63% dos funcionários com idades entre os 18 e os 24 anos utilizam a cloud para armazenar dados e trabalhos.

A cloud, naqueles países, é utilizada por 59% dos colaboradores com idades entre os 25 e 34 anos, 55% daqueles que têm entre 35 e 44 anos, 48% no grupo de idade entre 45 e 54 anos e, finalmente, 47% para os maiores de 55 anos.

Com o resultado da votação do Brexit, e o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) a entrar em vigor no dia 25 de maio de 2018, a pergunta sobre onde se armazenam os dados na cloud é um tema em destaque para as entidades que trabalham ou dão serviço aos mais de 500 milhões de cidadãos que residem na União Europeia (UE).

O estudo da Blue Coat Systems indica que os colaboradores mais jovens são os que mais confiança têm nos países da UE, enquanto o grupo de colaboradores com idades acima dos 55 anos são os que mostram uma menor confiança (36%). Este grupo de idades (maiores de 55 anos) é também o que revela uma menor confiança em geral, com 47%, reconhecendo que não confiam em nenhum país em particular na hora de armazenar ou guardar a informação, frente aos 24% dos incluídos entre os 18 e os 24 anos.

Ainda assim, e apesar do Brexit, os britânicos confiam muito mais em países europeus (40%) do que nos países fora da UE (22%) no que diz respeito ao armazenamento de dados. Já os alemães são os que mais confiam no seu próprio país (43%), e depois as suas preferências vão para a Suécia (14%), sendo a confiança na França e no Reino Unido mínima (7% em ambos os casos).

Apenas 9% dos participantes demonstraram a confiança perante a possibilidade de a sua informação poder ser armazenada ou guardada nos EUA.

fibra@briefing.pt

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2015 fibra     Ficha Técnica      Estatuo Editorial