Fibra

Início > Telemóveis > Ericsson prepara redes atuais para o 5G

Ericsson prepara redes atuais para o 5G

sexta, 17 junho 2016 15:46

As subscrições 5G vão ter início em 2020 e, por isso, a Ericsson decidiu criar cinco plug-ins para facilitar a evolução e adoção do serviço: MIMO Massivo, MIMO Multiutilizador, Virtualização RAN, Conectividade Inteligente e Redução de Latência. Tratam-se de inovações baseadas em software que facultam conceitos essenciais de tecnologia 5G às atuais redes móveis.

O MIMO Massivo combina o Single-User MIMO (SU-MIMO) e beamforming suportado por antenas avançadas, com vista a melhorar tanto a experiência do utilizador, como a capacidade e a cobertura da rede. Já o MIMO Multiutilizador (MU-MIMO) é baseado no plug-in anterior, mas também reduz as interferências.

Por sua vez, a Virtualização de RAN melhora a eficiência e o desempenho da rede recorrendo a Virtual Network Functions (VNF) que são centralizadas numa plataforma comum que suporta tanto 4G como 5G, enquanto a Conectividade Inteligente permite que a rede faça a ancoragem e o direcionamento inteligente de dados em locais onde exista sobreposição de cobertura 4G e 5G.

Por fim, o plug-in de Redução de Latência, como o nome indica, reduz os procedimentos de acesso e modifica a estrutura para permitir um acesso instantâneo à rede e transmissões mais frequentes, possibilitando as comunicações em tempo real para aplicações chave 5G, como os veículos inteligentes.

A Ericsson está já a trabalhar com mais de 20 operadores móveis mundiais de redes 5G e casos de uso, incluindo testes de campo. Entre as novas aplicações e casos de uso antecipados para o 5G incluem-se os carros seguros e de condução autónoma, os robôs controlados remotamente, os drones com suporte para feedback tátil e acessos wireless fixos para clientes residenciais.

Os plug-ins 5G da Ericsson vão estar disponíveis para testes de operadores ainda este ano e serão disponibilizados comercialmente no início de 2017.

fibra@briefing.pt

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2015 fibra     Ficha Técnica      Estatuo Editorial