Fibra

Início > Internet > Utilizadores do Safari espiados ilegalmente

Utilizadores do Safari espiados ilegalmente

sexta, 17 fevereiro 2012 14:32

safari_logoOs utilizadores do navegador da Apple – o Safari – foram espiados, ilegalmente, pela Google. O objetivo era vender publicidade, segundo anunciou o The Wall Street Journal, revelou o Diário Digital.

 


O motor de busca e outras empresas de publicidade usaram, supostamente, os códigos de programação especiais dissimulados nos comandos do Safari, com o intuito de vigiar e registar os hábitos de navegação dos vários utilizadores do navegador da Apple.

Em comunicado ao The Wall Street Journal, a Google justificou-se negando ter violado a privacidade dos internautas: “Esses cookies não recolhem informações pessoais”.

Fonte: Diário Digital

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2015 fibra     Ficha Técnica      Estatuo Editorial