Fibra

Início > Internet > Peritos em segurança online valorizam atualização de software

Peritos em segurança online valorizam atualização de software

quinta, 23 julho 2015 15:12

A Google divulgou um novo estudo que compara a forma como peritos e não peritos em segurança se protegem online. Entre as principais conclusões destaca-se a importância dada à gestão de palavras-passe, único ponto comum entre os grupos, e o cuidado elevado dos especialistas com a atualização de software.

O relatório da Google destaca os resultados de dois estudos: um com 231 peritos em segurança e outro com 294 internautas que não são peritos em segurança. Verificou-se que as cinco principais práticas dos peritos são: instalação de atualizações de software, utilização de palavras-passe únicas, autenticação em dois passos, passwords fortes e recurso ao gestor de palavras-passe.

Quanto ao grupo dos não peritos, estes privilegiam a utilização de antivírus e palavras-passe fortes, alteram frequentemente as passwords, visitam apenas sites conhecidos e não partilham informação pessoal.

Sobre as escolhas apontadas pelos inquiridos, a Google comenta que as atualizações de software, por exemplo, são uma espécie de "cintos de segurança" que dão maior proteção online ao utilizador. Contudo, os não peritos ainda pensam que essas atualizações representam um risco.

A multinacional tecnológica refere que nenhuma das práticas indicadas em ambas as listas torna os utilizadores menos seguros. Mas, há claramente espaço para melhorar a forma como as práticas de segurança são priorizadas e comunicadas à maioria dos utilizadores, acrescenta.

fibra@briefing.pt

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2015 fibra     Ficha Técnica      Estatuo Editorial