Fibra

Início > Entrevistas > Tudo começou no outsourcing

Tudo começou no outsourcing

quarta, 25 junho 2014 19:00   Bruno Mota, partner da BOLD

Bruno Mota, partner  da BOLDNasceu em 2009 e no seu primeiro ano de atividade esteve logo ligada a um projeto internacional. Hoje, a BOLD International, empresa de consultoria em tecnologias de informação e telecomunicações, desenvolve projetos em vários países do mundo desde Portugal à Colômbia, passando por Angola e Moçambique, revelou ao Briefing Bruno Mota, partner da empresa.

Briefing | Quais são as principais áreas de negócio da Bold International?

Bruno Mota | A BOLD International, nascida em 2009, é uma empresa de consultoria em tecnologias de informação e telecomunicações, especializada na entrega de soluções tecnológicas e funcionais enquadradas nas necessidades únicas dos seus clientes.

As nossas áreas de negócio são Outsourcing IT e Telco (Bold International), Marketing Digital (Diamond by BOLD) e Soluções Mobile (Carbon by BOLD). A génese da empresa está na área do Outsourcing e é nesta área que, ainda hoje, assenta a grande maioria do nosso negócio, cerca de 70%. Mais tarde, e no seguimento do acompanhamento das tendências do mercado e das necessidades tecnológicas inerentes surgiram as áreas das Soluções Mobile (2012) e Marketing Digital (2013). O ano de 2012 foi igualmente importante para o crescimento da empresa, após a aquisição dos activos da reconhecida empresa de mobile M-Insight, pertencente ao grupo BOND.

Briefing | Que soluções é que propõem na área do marketing digital?

BM | A Diamond by BOLD tem soluções completas de marketing digital para criar, divulgar e otimizar os ativos digitais das marcas, medindo todas as fases para tomar as melhores decisões. Com uma equipa com conhecimentos sólidos em marketing digital, design e desenvolvimento web, entregamos soluções completas que potenciam a notoriedade, vendas e o envolvimento dos clientes com a marca.

Briefing | Quais os clientes que tem nesta área?

BM | Ao longo dos últimos meses temos trabalhado com clientes como AESE, Agência Abreu, Grant's, Inspira Hotels, LIDE, ViniPortugal, entre outros, que por motivos de confidencialidade não podemos revelar.

Briefing | Que aplicações é que têm desenvolvido para a área de marketing digital?

BM | Temos entregue soluções em diversas áreas. Algumas das soluções abordam estão relacionadas como Websites Responsive, SEO, Websites Mobile, Aplicações Web, Aplicações de Facebook, Passatempos, Campanhas de divulgação.

Briefing | Como é que está a decorrer a internacionalização da empresa?

BM | A internacionalização da empresa propriamente dita começou há cerca de dois anos após a sua criação, no início de 2012, com a sua expansão para o Brasil, mais precisamente em São Paulo, onde temos a nossa sede. O balanço tem sido bastante positivo. Temos, a par e passo, vindo a conquistar a confiança do mercado e a construir uma identidade bastante sólida e, com isso, temos vindo a ganhar cada vez mais clientes. Contudo, e quando falamos em internacionalização é muito importante fazer-se a distinção entre estarmos a fazer projetos em Portugal para fora (1), termos consultores lá fora em outsourcing (2) e estarmos presentes localmente além-fronteiras (3). E se estivermos a falar de projetos fora de Portugal, logo no primeiro ano tivemos um consultor num projeto para a Suíça. Se, contudo, falarmos da segunda situação, esta começou em 2012 com um colaborador nosso na Holanda e só a terceira situação é que aconteceu em 2012. Falando de projetos globais e globalização de um modo geral, desenvolvemos projetos para vários mercados, como Espanha, Holanda, Indonésia, Suécia, Suíça, Venezuela, Colômbia, Bélgica, Dinamarca, Angola, Moçambique, entre outros. Projetos ambiciosos que têm contribuído para um crescimento sustentado da BOLD e que nos leva a continuar a investir forte nesta área.

Briefing | Como é que nasceu a ideia de criar a empresa?

BM | A empresa surgiu da vontade comum, tanto minha como do Tiago Gouveia, também partner da BOLD, de construirmos a empresa perfeita e percebemos desde logo, nessa altura, que tínhamos capacidade para o fazer. Foi com essa certeza que avançámos e que hoje podemos afirmar que gerimos muito mais do que recursos. Embora o negócio do Outsourcing não fosse novidade em Portugal, considerámos que havia muita coisa a fazer em matéria de gestão de pessoas – sabíamos, e continuamos a saber, que o desafio era grande e continua a ser, porque gerir pessoas é muito mais do que gerirmos um portefólio de produtos, por exemplo, mas creio que temos tido bastante sucesso nesta matéria.
Numa área em que a competitividade é tão grande, diferenciamo-nos por ter um cuidado especial com cada um dos nossos colaboradores e para isso muito contribui a nossa sólida política de recursos humanos. Todos os nossos procedimentos e processos de recursos humanos foram desenhados desde a génese da BOLD, por forma a garantirmos um acompanhamento de excelência a todos os nossos colaboradores e consequentemente clientes (vulgarmente designado por nós de "top service"). A experiência que ambos tínhamos da área permitiu-nos perceber onde poderíamos ser diferentes e ganhar destaque em relação às demais empresas. Na BOLD, a prioridade sempre foi os nossos colaboradores.

hs@briefing.pt

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2015 fibra     Ficha Técnica      Estatuo Editorial