Fibra

Início > Empresas > Google multada por impedir investigação

Google multada por impedir investigação

segunda, 16 abril 2012 14:16

google_copy_copy_copyA Google foi multada em cerca de 19 mil euros por impedir e atrasar uma investigação norte-americana sobre o serviço de mapas Street View. A multa foi aplicada pela Federal Communications Comissions (FCC), o regulador para a área das telecomunicações nos EUA, na passada sexta-feira.


A FCC acusa a Google de ter recolhido informações pessoais sem autorização e de não ter colaborado, deliberadamente, com o regulador. O caso decorreu entre 2008 e 2010, quando um carro da gigante da internet foi conduzido em várias localidades dos Estados Unidos da América e, mais tarde, na Europa, tirando fotografias de sítios públicos e recolhendo informação não autorizada das redes Wi-Fi, incluindo a localização, nome e, em alguns casos, o email.

A investigação da FCC não foi resolvida porque, de acordo com o The New York Time, o “personagem-chave” do caso – o engenheiro responsável pelo projeto - invocou a Quinta Emenda, a qual assegura aos cidadãos norte-americanos o direito a permanecerem calados, evitando a autoincriminação.


No domingo, a Google revelou discordar da caraterização da FCC relativamente à sua falta de colaboração, referindo ainda que a recolha feita por aquilo que é chamado de payload (comunicações de internet que incluem textos e emails) foi legal. “Foi um erro termos incluído código no nosso software que recolheu dados payload mas acreditamos não termos feito nada ilegal”, salientou uma porta-voz da Google.

Enquanto o processo de investigação decorre nos EUA, o engenheiro alega que mais pessoas na empresa tinham conhecimento da recolha de dados em causa, enquanto a gigante da internet mantém que tal não foi autorizado internamente.

Fonte: The New York Time

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2015 fibra     Ficha Técnica      Estatuo Editorial