Fibra

Início > Empresas > Gigantes acordam mais privacidade para apps

Gigantes acordam mais privacidade para apps

quinta, 23 fevereiro 2012 14:03

DataSeis das maiores tecnológicas mundiais - Apple, Google, Microsoft, Amazon, RIM e HP - chegaram a acordo quanto a novas regras de privacidade das aplicações. A medida, anunciada pela procuradora-geral do Estado norte-americano da Califórnia, visa proteger os dados dos consumidores.



Ao abrigo deste acordo, que envolve as empresas mas também os programadores das respetivas plataformas, o utilizador que pretenda descarregar uma aplicação será previamente informado do uso que será dado aos seus dados pessoais e só depois poderá fazer o download.

De acordo com a procuradora da Califórnia, Kamala Harris, 22 das 30 aplicações mais descarregadas não têm qualquer aviso de privacidade. E algumas delas acedem a dados privados dos utilizadores, nomeadamente a lista de contactos, fazendo o upload para servidores online, nomeadamente do Twitter.

Só a Apple App Store possui quase 600 mil aplicações e o Android Market, da Google, oferece outras 400 mil. E há ainda que contar com mais de 50 mil indivíduos que criaram aplicações móveis disponíveis para download nas principais plataformas.

Justificando o acordo alcançado, Kamala Harris adiantou que, até 2015, deverão ser descarregados 98 mil milhões de aplicações móveis, num mercado que deverá crescer dos atuais 6,8 mil milhões de dólares (5,1 mil milhões de euros) para 25 mil milhões (cerca de 18,8 mil milhões de euros) nos próximos quatro anos.

Tanto a Google como a Apple já confirmaram este acordo alcançado na Califórnia.

Fonte: The Guardian

 

Briefing advocatus fibra Welcome store


Considerações Legais     © 2015 fibra     Ficha Técnica      Estatuo Editorial